Bate Papo ou Chapeuzinho Vermelho?

Os dois... Chapeuzinho é um tema clássico, muito fofo e esses biscoitos foram feitos para um aniversário que aconteceu em dezembro passado... E se você está se perguntando porque estou publicando esses biscoitos só agora, só posso te dizer que você tem razão... já deveriam ter sido publicados há muito tempo... rsrsrs... Veja aqui quantas cores usei nesse trabalho... 12 cores... de consistências diferentes.... e a mamãe também escolheu uma seleção de biscoitos bem variada... alguns nos palitos... Amanhã estarei mostrando os decorados para você... mas nesse post de hoje vou comentar um pouco sobre biscoitos em geral... como estou vendo o mundo dos biscoitos nesse momento atual... 
e, assim começa nosso bate-papo...

Nesses últimos tempos tenho analisado cuidadosamente o meu negócio de biscoitos decorados... e refletido sobre o caminho que percorri, onde cheguei e onde quero estar no futuro... Amo ensinar a decorar e, enquanto tiver pessoas que queiram aprender essa arte comigo, vou continuar com as aulas ... indefinidamente... Já com a parte da comercialização, não estou satisfeita... quero mudar mas ainda não cheguei no que quero mudar... estou refletindo...

Nos E.U.A. acredita-se que os biscoitos decorados vão, em breve,  ultrapassar os cupcakes em número de encomendas... OK, isso é muito, muito bom... mas certamente o tempo dedicado a decorar uma dúzia de biscoitos, não é o mesmo tempo que se leva para decorar uma dúzia de cupcakes... 

O cliente sabe que o preço do biscoito não é o mesmo de um cupcake???  Acredito que não... Talvez saiba... ou imagina que sabe... No geral não sabe... Então cabe ao artista cobrar por seu trabalho e como o termo "artístico" é muito subjetivo, a pessoa não consegue colocar um preço em sua arte e aí pronto, a confusão está armada... e aqui no Brasil, terra de brigadeiros, é pior ainda... o cliente se acostumou a pagar um precinho bem pequenino pelo biscoito decorado artístico e acha que é isso que ele vale... 

Confeiteiros internacionais de renome perceberam o nicho dos biscoitos e voltaram suas atenções para esse produto... Bom? Claro que sim... mas muitos encaram a  "novidade do biscoito" somente como "o produto comercial da vez"... Daí o fato do boom comercial de novos produtos para uso em biscoitos... Tudo bem... novidades são ótimas e a gente gosta mas, a verdade é que alguém tem que pagar por tudo isso e com o baixo preço de venda do biscoito, praticado por muitos, quem é que arca com os custos dessas "novas necessidades" do mundo dos biscoitos? Claro que, para uma grande maioria, esse custo cai sobre o próprio bolso já que não conseguem, ou não sabem o que fazer, para ter retorno financeiro adequado nos biscoitos decorados que vendem... Isso sem mencionar todo o investimento financeiro necessário para se começar o negócio, ou mesmo manter esse negócio, comprando insumos de qualidade, materiais básicos, pagando por cursos, etc etc etc... 

Vivemos no Capitalismo, onde há uma relação intrinsíca entre compra e venda... e, até hoje, não consegui entender porque as pessoas vendem os biscoitos (e seus serviços artísticos) por preços irrisórios... Não há lógica comercial nisso... Já ouvi até gente dizer que vende barato porque ama o que faz, porque é um hobby... Sei lá, para mim isso é a maior balela... Vender não é fazer caridade... Vender pressupõe lucro... e aí a pessoa não sabe fazer preço de venda e se sai com essa desculpa esfarrapada de que vende barato porque ama o que faz...

Para falar a verdade, sinto que aquele mundo do biscoito que gosto, que sempre gostei, que através do blog me trouxe a você,  e ao qual eu pertenço, tem seus dias  contados... é outro mundo e não esse mundo "comercial" que está aí, soltando seus tentáculos para todos os lados... sei lá... talvez esse meu mundo deixe mesmo de existir... Somos poucas as veteranas que estamos "hanging in there" fiéis ao nosso estilo de ser e biscoitar... um estilo de ser e viver que resiste e, não quer se dobrar à essa banalização que vem ocorrendo no mundo dos biscoitos...  

E o que posso dizer a você senão o que já disse inúmeras vezes, aqui no blog? Biscoitos decorados artísticos, ou gourmet, são caros porque envolvem muito planejamento, cores, cortes especiais e dedicação para que o trabalho resulte primoroso e do jeitinho que o cliente idealizou para aquela comemoração fantástica que ele irá fazer... E é aí que entram os biscoitos de Chapeuzinho Vermelho, com os quais iniciei essa postagem e vou te mostrar amanhã... 

Fato é que nem todos entendem o biscoito decorado tal qual uma extensão da pessoa para a qual ele foi feito... ou que o biscoito eterniza um momento... realiza sonhos... Biscoitos decorados vão da mesa da festa para os álbuns de fotos, encantam o paladar, e são assunto para "aquela conversa" tipo  -- Você se lembra dos biscoitos???... É que está o valor do biscoito... no quão importante ele é para quem o está comprando...

Continuo a não pegar pedidos de personagens ou marcas protegidos por direito autoral... esse é um assunto que sempre retomo aqui também... não trabalho mais com personagens etc que envolvam direito autoral ou direito de imagem... E aqui no Brasil é só isso que as pessoas querem comprar... Um dia a conta chega e quando essa cobrança por uso indevido de imagem/marca chegar, quem faz vai se arrepender amargamente de um dia ter feito aquele trabalho... É voz corrente nos meios de confeitaria dos E.U.A. que a indústria das tais "cobiçadas marcas" está mais atuante e coibindo juridicamente o uso indevido de suas marcas por confeiteiros, levando inclusive aqueles que são processados a bancarrota... sem piedade... e aí você pensa... Ah! Mas isso é lá nos E.U.A.... OK! Só não podemos nos esquecer de quão pequeno e sem fronteiras está o mundo atual, com as mídias sociais... De lá dos E.U.A. eles reclamam diretamente aqui com quem copia o trabalho deles... Já vi isso acontecer... 

O assunto "direito de imagem" ficou tão sério, mas tão sério, que reproduzir trabalhos de outros confeiteiros que estão expostos no Instagram ou Pinterest, e que não foram ensinados em tutoriais, está dando processo também... Copiar o trabalho de outro confeiteiro é falta de respeito... e as pessoas se esquecem que no mundo online não há segredos...  e mesmo aqui no Brasil, onde isso acontece muito frequentemente, copiar trabalhos cria sérias rusgas de relacionamento... é feio... mas em nome do dinheiro, do imediatismo, ninguém liga para isso... "só me inspirei" dizem.... e não dão crédito algum ao autor...

E o mercado de compra de apostilas e aulas on line então... Uma só pessoa compra o curso, ou a apostila, e reproduz tudinho no grupo do Facebook... E essas pessoas nem pensam que estão impedindo de ter ganho quem investiu tempo e dinheiro para fazer as aulas e as apostilas, ou seja, quem fez fica impedido de ter até mesmo o retorno financeiro do investimento... Reprodução pirata mesmo, que tira de quem  é honesto, e faz tudo direito, a chance de ser bem sucedido.

Só sei que nesse universo do mundo dos biscoitos cada um de nós tem seu cantinho reservado ... mas é preciso trabalhar muito para construí-lo e ter luz própria para brilhar... Originalidade, respeito ao trabalho do próximo e diversidade, são qualidades que nunca estarão fora de moda e que ajudam a gente a trilhar nossos caminhos ... 

Obrigada por sua visita e até amanhã...




Postar um comentário

Copyright © Cookieria By Margaret. POR EMPORIUM DIGITAL | OddThemes & VineThemes